Nesta semana se encerra o mês de novembro e, com ele, a campanha do Novembro Azul. Criada na Austrália no ano de 2003 por um grupo de 30 homens que resolveu chamar a atenção para a saúde masculina deixando o bigode crescer, a campanha é atualmente realizada em mais de 20 países. O azul se deve ao fato das mulheres que também apoiaram a campanha na Austrália escolherem esta cor para vestir durante o mês.

No Brasil, o Novembro Azul foi trazido em 2008 pelo Instituto Lado a Lado pela Vida, juntamente com a SBU – Sociedade Brasileira de Urologia. Estudos realizados pela SBU apontaram que 51% dos homens brasileiros nunca consultaram um urologista, por isto a importância da iniciativa.

O câncer de próstata, cuja taxa de mortalidade aumenta consideravelmente a cada ano, é o principal foco da campanha. Sem considerar os tumores de pele (não o Melanoma),   o câncer de próstata é o mais incidente entre os homens em todas as regiões do país. Segundo estimativa do INCA – Instituto Nacional do Câncer – este ano serão diagnosticados aproximadamente 60.000 novos casos da doença.

Muitos homens têm certa resistência para fazer o exame preventivo, mas, ao ser diagnosticado precocemente por meio do exame periódico de rotina, PSA e toque retal, o câncer de próstata tem chances de cura próximas a 90%.

Então não deixe para depois! Cuide de sua saúde e viva mais e melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *