Você sente necessidade de urinar várias vezes à noite? Sente que a bexiga nunca está devidamente vazia? Esses sintomas podem indicar Hiperplasia de Próstata Benigna (HPB). Confira nosso texto abaixo para saber mais sobre esta condição!

Causas e sintomas

O aumento benigno da próstata é uma condição relativamente comum entre homens acima de 50 anos, e que afeta cerca de 80% dos pacientes com mais de 90 anos.

Suas causas não são claras, mas fatores de risco incluem obesidade, diabetes mellitus tipo 2, antecedentes familiares, falta de exercício físico e disfunção erétil. Entre os sintomas, estão redução do jato urinário, esforço para iniciar a micção, sensação de esvaziamento incompleto da bexiga e necessidade de urinar várias vezes à noite.

Tratamentos

Existem, a princípio, três linhas de tratamento, que podem se complementar: mudança de estilo de vida; uso de medicamentos; e intervenção cirúrgica.

De início, o diagnóstico é feito por meio de um questionário específico, com o qual o urologista verifica a gravidade da condição no paciente. Após isso, é possível usar métodos para avaliação complementar, como ecografia, exames laboratoriais e urofluxometria, para obter mais detalhes.

Dependendo do caso, adotamos uma ou mais linhas de tratamento.

Mudança de estilo de vida

Considerando os fatores de risco, mudar ou adotar certos hábitos pode ajudar a reverter o problema. As nossas principais recomendações são:

  • Perder peso;
  • Seguir uma rotina de exercícios físicos;
  • Reduzir o consumo de álcool e de cafeína;
  • Reduzir a ingestão de fluidos antes de dormir;
  • Urinar em períodos agendados.

Essas mudanças são capazes de relaxar a saída da bexiga, reduzir o tamanho da próstata e inibir as contrações exageradas da bexiga.

Tratamento com medicamentos

Uma série de medicamentos pode ajudar a aliviar os sintomas da hiperplasia, relaxando a musculatura da próstata e do colo da bexiga, diminuindo o bloqueio do fluxo de urina.

Outros permitem controlar o volume da próstata, impedindo seu aumento. A duração do tratamento varia conforme o tipo de medicamento e, claro, as particularidades do caso (grau de gravidade, adoção das mudanças de hábito recomendadas etc.).

Intervenção cirúrgica

Há procedimentos específicos para desobstruir o fluxo de urina, seja removendo parte da próstata ou reduzindo seu tamanho como um todo.

Seja como for, o mais importante é manter um acompanhamento constante com seu urologista, especialmente se você tiver mais de 50 anos de idade. A detecção precoce ajuda, e muito, a aumentar o sucesso do tratamento.

Entre em contato conosco para agendar sua consulta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *