Muitas pessoas acreditam que tomar bebida alcoólica de vez em quando não faz mal à saúde. O que muita gente não sabe são os efeitos que o consumo excessivo pode causar, seja ele de curto ou longo prazo.

Quanto mais etanol no corpo, mais o fígado trabalha, já que o órgão é responsável pelo metabolismo do organismo. As outras funções ficam prejudicadas porque o fígado desvia para essa urgência, prejudicando o metabolismo.

Outro fator importante causado pelo álcool é o sobrecarregamento do rim. O etanol atrapalha a função do hormônio diurético, que garante que o corpo não perca muita água, fazendo com que o rim deixe de concentrar a urina, perdendo mais água que o habitual. Como a bebida leva o corpo a fazer um esforço muito grande para colocar a substância para fora, é preciso diluir em água e eliminar na forma de urina, causando a desidratação.

O pior consumo é aquele que é feito de uma vez só. Se uma mulher bebe mais de 20g de etanol, diariamente, por mais de 10 anos, ela corre o risco de causar uma cirrose no fígado. Nos homens, o número consumido pode chegar a 60g por dia.

Mas cada corpo reage de uma maneira, tudo depende da forma de consumo, tipo da bebida, frequência e sexo da pessoa. A bebida alcoólica também acelera o metabolismo, aumenta a pressão arterial, fazendo a pessoa suar mais e perder os sais minerais.

Em caso de dúvida procure sempre um médico especialista.

➡ Uroclínica Umuarama
Rua Antonio Ostrenski, 3831 – Umuarama – PR
☎ (44) 3622-1886 – Whatsapp https://bit.ly/2XHYEfY – 44 9841-5960
mailto:atendimento@uroclinicaumuarama.com.br

#UroclínicaUmuarama
#Urologia
#MarcosBaeza
#ItaloFioravante
#JansenFerreira
#urologia #saudedohomem #cancerdepenis #cancer #saudeurologica #urologista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *